Exames

Ressonância Magnética

A Ressonância Magnética é um dos mais significativos avanços do século no que diz respeito a diagnósticos médicos por imagem. Permite imagens em três dimensões, de qualquer parte do corpo. As imagens produzidas são de alta resolução.

É um método não invasivo que, por meio da emissão de ondas de radiofrequência, sem radiação, permite o estudo de diversas partes do corpo humano com alto grau de precisão. A ressonância magnética tornou-se um dos métodos mais estudados nos grandes centros médicos mundiais.

É totalmente indolor e não causa qualquer desconforto ao paciente, sendo necessário apenas que se permaneça imóvel durante o exame. Não apresenta contra indicações, exceto a portadores de marca-passos cardíacos e materiais metálicos (clips metálicos de aneurisma e outros) que possam sofrer indução eletromagnética.

 A imagem é reproduzida através de um equipamento de última geração que pode demonstrar com precisão lesões muito pequenas, com qualidade e em tempo curto. Além disso, o aparelho captura as imagens sem a necessidade do paciente ter que mover-se para conseguir outros ângulos.

→ Como funciona:

No centro da Ressonância Magnética (RM) está situado um imã ou magneto que é grande o suficiente para uma pessoa deitar-se dentro. Durante o exame, sinais de radiofreqüência são emitidos para o corpo que os reemite para o computador que converte em imagens. Depois disso, essas imagens são visualizadas e analisadas pelo médico radiologista.

→ O que identifica:

A Ressonância Magnética analisa e identifica:
- Diversas patologias do cérebro;
- Derrames e AVC;
- Tumores;
- Analisa de maneira precisa articulações, como Joelho e Ombro permitindo a análise de lesões de menisco, ligamentos, cartilagem e tendões;
- Vem se destacando como excelente método para pesquisa de lesões da mama, como câncer, além de estudo de próteses mamárias.

Antes do exame o paciente responderá um questionário onde deverá informar se já fez alguma cirurgia, tem algum implante ou no caso das mulheres, está grávida ou existe a possibilidade de estar. Marca passos cardíacos geralmente impedem o exame.

Não é possível entrar na sala de exames com pertences pessoais como relógio, telefone celular, aparelhos de audição, moedas e cartões magnéticos.

Orientações

→ Durante o exame:

Antes do exame de Ressonância Magnética um técnico ajudará o paciente a deitar-se na mesa de exames na posição adequada. Em seguida a pessoa é levada lentamente para um túnel aberto nas extremidades, arejado e iluminado.
Durante o exame o técnico sairá da sala, mas manterá contato visual e auditivo com paciente através de um aparelho de comunicação interna. Deve-se respirar normalmente, relaxar e permanecer imóvel por pequenos períodos de tempo.

O paciente ouvirá ruídos parecidos com batidas em intervalos regulares, isso significa que a máquina está funcionando normalmente e as imagens estão sendo adquiridas. Se preferir, a pessoa poderá escutar música durante a realização de alguns exames. Basta solicitar ao técnico.

O tempo de exame é de 15 a 45 minutos, dependendo do local a ser estudado.
O exame é indolor e não há nenhum contato do aparelho com o corpo.

 

→ Após o exame:

O paciente poderá retomar suas atividades normalmente imediatamente após a realização do exame de Ressonância Magnética.

 

→ Vantagens:

A grande vantagem da Ressonância Magnética é não apresentar radiação ionizante, como o raio-x e a tomografia.
Ela também permite o estudo das partes moles, como encéfalo, articulações e outros órgãos internos com precisão, sem ser invasiva.
É também utilizada na avaliação do coração quanto a anatomia e função do órgão, permitindo um estudo preciso em pacientes que já sofreram infarto ou tem risco de sofrer.

 

→ Contra-indicações:

A Ressonância Magnética é contra indicada para:
- Pacientes com marcapassos cardíacos e algumas marcas de clipes de aneurisma cerebral;
- Pacientes com projéteis de arma de fogo ou outros fragmentos metálicos, dependendo da localização no corpo. Por favor, consulte o atendente previamente ao exame;
- Até o momento não existe nenhum estudo comprovando os efeitos da Ressonância Magnética na gravidez, por isso, é recomendado que não se realize o exame durante o primeiro trimestre de gestação.

 

Cada exame de ressonância magnética, requer um preparo diferente, no momento do agendamento do seu exame, o atendente informará o preparo adequado ao exame agendado.

No dia do exame é necessária a solicitação médica e apresentação de documentos: Carteira de identidade, CPF e Carteira do convênio. Solicitamos que esteja na clinica com 20 minutos de antecedência, para realização do cadastro de exame(s).

Traga seus exames anteriores (se houver). É muito importante.