Notícias

sábado, 4 de abril de 2020

4 de abril - Dia Nacional do Parkinsoniano

O diagnóstico da doença de Parkinson é essencialmente clínico e se baseia na presença de sintomas motores característicos, como lentidão de movimentos (bradicinesia), rigidez, tremor de repouso e anormalidades posturais.

A condição ainda não pode ser detectada na sua fase pré-clínica ou pré-motora, porém já existe a possibilidade de diagnosticá-la precocemente e até mesmo de confirmá-la por neuroimagem funcional – mais precisamente com a Cintilografia com Trodat. O Trodat é um radiofármaco, utilizado no procedimento, que se liga seletivamente aos receptores de dopamina (um neurotransmissor responsável pelo controle de funções motoras, estimulação da memória, raciocínio, concentração, funções mentais, entre outros) na substância negra do mesencéfalo (parte essencial do sistema nervoso central).

A perda desses receptores tem correspondência com a perda dos neurônios dopaminérgicos e pode ser demonstrada de forma muito sensível nas imagens SPECT mesmo nas fases iniciais da doença. A redução da densidade desses receptores está associada com a gravidade e com a progressão da Doença de Parkinson. Por outro lado, imagens normais afastam a hipótese dessa doença.

O exame também contribui com a diferenciação entre a doença de Alzheimer, primeira causa de demência, na qual a captação se mostra normal, e a demência por corpúsculos de Levy.

A Clínica Kozma realiza Cintilografia Cerebral com Trodat. Através da Cintilografia com Trodat é possível avaliar a integridade e a redução dos receptores dopaminérgicos no núcleo caudado do cérebro mesmo antes dos sintomas clínicos. Converse com seu médico, ele baseado em seu diagnóstico clínico indicará o melhor método de imagem e tratamento.