Notícias

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Saiba mais sobre Medicina Nuclear

Fonte: Clínica Kozma

Medicina Nuclear é uma especialidade médica que utiliza, em pequenas quantidades, materiais radioativos produzidos para fins médicos, com o objetivo de diagnosticar e/ou tratar certas doenças. É uma maneira de coletar informações de diagnóstico médico que, de outra forma, não estariam disponíveis, requereriam cirurgia ou necessitariam de exames de diagnóstico mais caros. São exames que complementam os métodos de imagem mais conhecidos, pois têm a capacidade de avaliar também a função/fisiopatologia do órgão estudado, através da análise da distribuição dos elementos radioativos associados a fármacos específicos pelos diversos órgãos e sistemas. A avaliação funcional das imagens realizadas pela Medicina Nuclear traz, muitas vezes, informações diagnósticas de forma precoce em diferentes doenças, possibilitando que sejam tratadas em estágios iniciais, quando existe uma maior chance de bom prognóstico.

Os exames realizados em Medicina Nuclear, denominados Cintilografias, são procedimentos bastante seguros e habitualmente não provocam nenhum tipo de reação alérgica, podendo os materiais ser administrados inclusive em pacientes alérgicos a contraste iodado – os materiais radioativos não são contrastes. Além disso, a dose de radiação dos exames de Medicina Nuclear é, de forma geral, similar ou até mesmo bastante inferior à de outros métodos diagnósticos que empregam raios X e, portanto, estes exames podem ser seguramente ser realizados em crianças.

A única contraindicação (relativa) para as cintilografias é a gravidez. Contudo, em casos especiais, pode-se realizar tais procedimentos inclusive nessa situação. Após o término do exame, pode-se seguramente regressar à vida habitual. Caso haja necessidade de se tomar alguns cuidados, os profissionais do Serviço de Medicina Nuclear certamente informarão antes de iniciar o procedimento.


Juliana Goellner Bertol é médica nuclear da Clínica Kozma desde 2005. É formada em Medicina pela Universidade de Passo Fundo com especialização em Medicina Nuclear no Centro Catarinense de Medicina Nuclear de Florianópolis. Título de especialista em Medicina Nuclear pela Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear.